sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

A caminho de Torre de Moncorvo


CONHECER O NOSSO PATRIMÓNIO


O Papa Léguas vai acompanhar o I Encontro do CAS (Clube Autocaravanista Saloio) e integrar-se no respectivo Programa.

Algumas centenas de quilómetros nos separam do local onde terá lugar a concentração, a Área de Serviço para Autocaravanas de Torre de Moncorvo, onde contamos chegar ao anoitecer.

Contudo, a visita a Torre de Moncorvo que está prevista só para o dia 24 de Fevereiro, inclui uma deslocação ao Museu do Ferro (Instalado no Solar do Barão de Palme) e à Igreja Matriz (ou de Nossa Senhora da Assunção).

Infelizmente, mas compreensivelmente, o Programa não nos permitirá visitar a Biblioteca Municipal e Arquivo Histórico Municipal (No Centro Histórico da Vila – Tem internet), o Chafariz Filipino (Pç. Francisco António Meireles), o Chafariz de Sto. António, o Solar dos Pimenteis (Lg. General Claudino, R. Manuel Seixas.), o Solar de Sto. António e Logradouro anexo, os Paços do Concelho, a Casa da Roda, a Casa da Avó (R. da Salgada, actual R. Manuel Seixas), a Oficina Vinária, o Castelo de Torre de Moncorvo (restos) (Largo dos Paços do Concelho), a Capela do Espírito Santo, a Capela de Nossa dos Remédios, a Capela de Santo António (R. Visconde de Vila Maior), o Pelourinho de Torre de Moncorvo (Classificado), a Capela do Sagrado Coração de Jesus (Largo do Castelo ou Praça da República), a Igreja da Misericórdia (R. Direita, actual R. Dr. Campos Monteiro), Capela da Nossa senhora dos Prazeres (R. 13 de Janeiro), o Fontanário de Santiago (R. do Saco - R. de Santiago), o Edifício da Misericórdia (R. Dr. Campos Monteiro, nº 24.) e a Capela do Espírito Santo / Hospital Velho (R. do Visconde de Vila Maior).

Pela relação do património monumental se pode depreender da importância de Torre de Moncorvo.

Na impossibilidade de uma permanência mais prolongada sugere-se, pelo menos, uma visita virtual a Torre de Moncorvo.

Sem comentários:

Enviar um comentário