sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Declaração de Alenquer

O Papa Léguas assume os principios consignados na Declaração de Alenquer de 22 de Novembro de 2008 e abaixo reproduzidos.


Os participantes presentes, no "I Encontro de Cyber Autocaravanistas Bloguistas", reunidos em Alenquer em 22 de Novembro de 2008:

I

Congratulam-se
com o desenvolvimento do autocaravanismo, modalidade de turismo itinerante, quer entre os portugueses, quer entre os estrangeiros, expresso nas crescentes visitas a Portugal.

II

Consideram dever estudar
o desenvolvimento do autocaravanismo, entendido como uma forma legitima de turismo itinerante, para que possa ser valorizado pelas autoridades públicas e não ser discriminado negativamente, bem como defendem a criação de melhores condições de estacionamento das autocaravanas, junto dos centros urbanos e na proximidade de locais de interesse turístico e cultural.

III

Registam a espontaneidade,
maioritariamente favorável, de uma emergente opinião pública civicamente responsável e identificada com o tema do autocaravanismo que pratica e divulga os princípios do RESPEITO Mútuo aprovados:

Respeitar a natureza e o património cultural.
Evitar a formação de concentrações de ACs.
Só estacionar em lugares apropriados.
Privilegiar o comércio tradicional local.
Estar e ser discreto e cortês com todos.
Inter-agir amigavelmente com o próximo.
Tentar cumprir e manter estes princípios.
Observar sempre o bom senso e bom gosto.

IV

Saúdam todos os autocaravanistas
conscientes, que pela prática, conforme as regras de ética e comportamento adoptadas internacionalmente e também entre nós, que constituem valores de referência exemplar para a divulgação e aceitação generalizada do autocaravanismo, designadamente pelos efeitos benéficos na correcção da sazonalidade, e valorização dos recursos turísticos culturais do interior.

V

Manifestam o seu compromisso
e disponibilidade para através dos conteúdos que elaboram ou divulgam nos meios ao seu alcance, intensificarem a valorização de textos favoráveis ao autocaravanismo itinerante, para melhor acessibilidade à informação objectiva, quer por parte do público em geral e autocaravanistas, quer por parte da comunicação social, quer ainda para obtenção das autarquias locais da criação de parques de estacionamento e pernoita, com estações de serviço de apoio às autocaravanas.

VI

Resolvem ainda,

a) Constituírem-se em Net work informal de intercâmbio de informações relevantes para o autocaravanismo com vista a no seu conjunto apoiarem a criação de um Observatório não Governamental para o Autocaravanismo Itinerante ONGAI.

b) Estabelecer que a adesão ao CAB, através de um representante, está aberta a todos os espaços na internet (blogues, fóruns, websites…) que o desejem.

c) Exortar os autocravanistas a uma maior intervenção pública e cívica na divulgação do autocaravanismo.

VII

Declaram que adoptam
uma estrutura informal de associação aberta, sem personalidade jurídica, nem fins lucrativos, de tipologia informal, sob a denominação de "CAB - Circulo de Autocaravanistas da Blogo-Esfera" e que

a) disporá de um espaço Web próprio identificado pelo logótipo adoptado,

b) reunirá em principio quadrimestralmente

c) e designam para coordenar os destinos do CAB no próximo ano:

- Diogo Ferreira (Blog MIDAP)
- Luís Decaravalho (Blog Newsletter)
- Rui Narciso (Portal Papa Léguas)

Sem comentários:

Enviar um comentário