domingo, 22 de fevereiro de 2009

È Carnaval ninguém leva a mal


O CARNAVAL

A Palavra Carnaval terá tido origem na palavra “Carrum Navalis” designação de uns carros que se viam nas Dionísias, festas da Antiga Grécia. Também há quem defenda que Carnaval deriva da expressão “carne lavandas” que significa o “adeus à carne”, no sentido literal do termo. Como o Carnaval tem lugar antes da Quaresma este “adeus à carne” está relacionado com a proibição de comer carne que a igreja católica determinava para os seus seguidores.

O Carnaval terá tido origem no antigo Egipto ou na antiga Grécia ou ainda em Roma com as saturnálias.

A Igreja apodera-se do Carnaval, procura sublimá-lo e consegue-o, para impedir a libertinagem pagã e enquadra-o em regras nem sempre seguidas pelos foliões, pois o Entrudo sempre se manteve com características de festa popular de rua.

O Carnaval moderno com desfiles e Máscaras (trajes) tem origem na sociedade vitoriana do século XIX.

São famosos o Carnaval de Veneza, o Carnaval do Brasil, nomeadamente o do Rio de Janeiro, o Carnaval em New Orleans e o Carnaval na Alemanha.

Já me esquecia!... E é famoso o famoso Carnaval dos Caretos de Podence, em Podence, no Concelho de Macedo de Cavaleiros., onde, se o Programa do I Encontro do CAS não for alterado, estaremos hoje.

Sem comentários:

Enviar um comentário