terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Porque ainda não sou sócio do CPA


EM DEFESA DOS AUTOCARAVANISTAS SEM TELEFONE

Quando, através da internet, tive conhecimento da existência do CPA – Clube Português de Autocaravanas – a minha natureza associativa e o facto de ser utilizador de uma autocaravana foram motivações suficientes para que tomasse a iniciativa de me candidatar a associado.

Procurei fazer a minha adesão através do “Formulário de Inscrição de Novos sócios” que ainda se encontra aparentemente inalterado.

Surpreendeu-me o facto de no referido formulário alguns dos quesitos serem de preenchimento obrigatório, nomeadamente no que se refere ao “telefone”. No formulário, como ainda pode ser constatado, é necessário informar o número de telefone como condição obrigatória para o preenchimento, logo, dedução óbvia, é obrigatório ter telefone para ser sócio do CPA.

Supondo, na altura, tratar-se de um lapso, contactei o CPA por correio electrónico expondo, um tanto ironicamente, a questão. O meu interlocutor (cujo nome com que se identificava não vou referir) não só não quis entender o caricato da imposição colocada no formulário para se poder ser associado, como teve, no meu entender, expressões agressivas.

Evidentemente que me não fiz sócio. Não é entendível que um Clube de Autocaravanas obrigue, através do preenchimento de um formulário, os candidatos a associados a terem telefone e não os obrigue, o que seria mais curial, a terem uma Autocaravana, porquanto, curiosamente ou não, esse quesito não é de preenchimento obrigatório.

Claro que uma associação (qualquer associação) não pode ser caracterizada, já pela intervenção menos… agradável (?) de um seu responsável, já por obrigar os candidatos a sócios a terem telefone. É inegável que o CPA, ao longo dos seus 19 anos de existência, completados no passado dia 25 de Janeiro, tem tido acções em defesa dos interesses do Movimento Autocaravanista de Portugal.

A “Cartilha do Autocaravanista”, da responsabilidade do CPA, existente desde, pelo menos, Junho de 2006, é uma referência incontornável de direitos e obrigações dos Autocaravanistas.

Infelizmente não posso, por uma questão de coerência e de alguma teimosia, ser sócio do CPA, enquanto aquele limitativo formulário obrigar os candidatos a sócios a terem telefone.

Tenho esperança que este “ainda não sócio” possa mudar de estatuto para um “já sócio”.

Sem comentários:

Enviar um comentário