quarta-feira, 18 de março de 2009

Os “PDI”


NOÇÕES BÁSICAS

Independentemente da marca e modelo de “GPS” que cada um tenha e do tipo de Programas que constituem a interface entre a máquina e o operador são os “PDI” os ficheiros que mais interessam aos autocaravanistas, imediatamente após a actualização dos mapas.

O QUE SÃO “PDI”?

“PDI” são as iniciais de “Pontos De Interesse” que em inglês se denominam “POI” ou seja “Points Of Interest” e que essencialmente constituem Listagens, normalmente organizadas por Temas, onde constam a designação do “Ponto de Interesse” e as respectivas coordenadas.

Se no “GPS” o autocaravanista tiver “PDI” referentes a, por exemplo, Áreas de Serviço para Autocaravanas ou Parques de Campismo ou Locais de Estacionamento ou Gasolineiras… terá ao dispor Listagens que simplificarão as viagens que efectuar.

QUAL A UTILIDADE DOS “PDI”?

Suponha que se encontra, pela primeira vez, algures na cidade de Lisboa e pretende deslocar-se para o Museu de Arte Antiga. Primeiro necessita de saber a morada do Museu e também o local onde se está nesse momento. Depois, pega num mapa da cidade (se o tiver) e traça uma rota que vá do local onde se encontra até à morada do Museu. A complexidade, especialmente numa cidade, de seguir através do mapa, a rota que estabelecer, é evidente.

Com um “GPS” esta situação é fácil. O próprio aparelho encontra as coordenadas do local onde está e, após “chamar” o “PDI” com o tema Museus, opta por aquele que pretende visitar e, com um simples “clique” define o percurso. O resto é o normal.

Imagine, agora, uma outra situação: Está em viagem na autocaravana, já é noite, não conhece a zona e necessita parar para pernoitar. Com o “GPS” “chama” o “PDI” com o tema Áreas de Serviço para Autocaravana, indica que pretende a localização de uma Área mais próxima da zona onde está e, num ápice, são dadas a escolher várias Áreas com a indicação da distância a que se encontram. Se a distância for exagerada pode sempre optar por um “PDI” com um tema como Locais de Estacionamento ou, mesmo, Parques de Campismo.

COMO FUNCIONAM OS “PDI”?

Sendo os “PDI” Listagens digitalizadas as mesmas são “guardadas” em ficheiros informáticos devidamente identificados. Cada identificação de um ficheiro é constituída por duas partes distintas: o nome propriamente dito e uma extensão formada por três caracteres, separadas por um ponto.

Sem entrar em pormenores sobre os porquês, os nomes, que podem ser alterados pelos utilizadores dos “GPS”, não devem ser muito extensos e também não devem ser utilizados caracteres portugueses. A duplicação de denominações de ficheiros não é permitida.

As extensões são formadas por três caracteres e têm uma designação de acordo com o “GPS” em que funcionarem (Ver Lista abaixo).

Os autocaravanistas que utilizam programas editores de texto, nomeadamente o “WORD”, sabem que sempre que é gravado um texto o mesmo é colocado num ficheiro com um nome atribuído pelo operador e uma extensão designada “DOC”. De forma semelhante funcionam os “PDI”.

Os ficheiros “PDI” trabalham em parceria com um outro ficheiro, gráfico, com dimensões pré estabelecidas, com o mesmo nome do respectivo “PDI”, mas com uma extensão diferente e com uma designação de acordo com o “GPS” em que funcionarem (Ver Lista abaixo).

Estes ficheiros gráficos guardam ícones que são localizados nos monitores dos “GPS” nas localizações onde se situa um específico ponto de interesse.

Em condições semelhantes podem ser criados ficheiros áudio para trabalharem com os ficheiros "PDI" permitindo que o utilizador do "GPS" seja alertado através de som específico (incluindo frases) sempre que se encontrar a uma pré definida distância de um pré definido "PDI".

Voltaremos ao assunto.

LISTA (Não completa)

GPS --------- PDI ------- ÍCONES

CoPilot6 -------- .OV2 ------- BMP

Garmin --------- .GPX ------- BMP

Google Earth ---.KML ------- BMP

Navman -------- .CSV ------- BMP

NDrive --------- .XML ------ PNG

Route 66 ------- .CSV ------- BMP

TomTom ------- .OV2 ------ BMP

Sem comentários:

Enviar um comentário