domingo, 31 de maio de 2009

Volto breve - Fiquem comigo



Volto breve


Este “Blogue” foi inaugurado no dia 1 de Fevereiro de 2009, teve 4029 visitas e 126 “postes” foram divulgados até ontem.

O Papa Léguas vai estar a partir de amanhã (1 de Junho) a movimentar-se por Portugal e pelo Estrangeiro durante cerca de 4 meses.

Tal facto impede-o de manter este espaço virtual ao ritmo a que os seus leitores se habituaram, mas não deixará de aqui vir pelo menos uma vez por semana e preferencialmente todas as Terças-feiras.

Um Abraço do

Papa Léguas


sábado, 30 de maio de 2009

E o pano, no teatro da vida, desceu.


Mas eu não existo senão com outro; só, eu não sou nada.”
Karl Jaspers

No artigo “Para os que falam de manipulação…” publicado ontem neste mesmo “blogue” terminávamos assim:

“Ao invés de, do alto de uma tribuna virtual, apontar-se acusadoramente o dedo, sugere o Papa Léguas, muito respeitosamente, que metam o dedo… na vossa consciência.”

Surpreendentemente a nossa respeitosa sugestão foi ouvida e, não é que meteram, não só o dedo, mas toda mão na consciência!? Mas seria mesmo uma questão de consciência?

Às seis horas da manhã do dia 29 de Maio de 2009 os tribunos proclamaram que desistiam de lutar por aquilo em diziam acreditar e não sem que antes, num derradeiro acto de desespero, de incompreensível despeito, aviltassem publicamente o bom nome de um conjunto de pessoas que recusam, mesmo entre elas, o “caminho único” para o autocaravanismo.

A liberdade de expressão impõe o assumir de responsabilidades de forma identificada e a indissociação destes dois conceitos, liberdade e responsabilidade, é um dos direitos e obrigações conquistados com o 25 de Abril e pelos quais devemos permanentemente lutar.

É na defesa e na concretização dessa liberdade que o Blogue do Papa Léguas dá expressão a todos os “blogues” de que tem conhecimento, mesmo os que despudoradamente ofendem e aviltam o seu bom-nome.

É na defesa e na concretização dessa liberdade que o Blogue do Papa Léguas não censura os comentários de quem quer que seja.

Este não é o procedimento dos que agora “fugiram” e que pode ser facilmente comprovado.

Mais do que as palavras são, pois, os actos que verdadeiramente julgam os cidadãos.

A intransigência e o monolitismo dos tribunos conduziram, embora não pareça, ao seu isolamento que, para o quebrar, os obrigou a emitir constantemente juízos de valor, denegrindo a imagem pública dos opositores estratégicos, promovendo o escândalo e atraindo, consequentemente, mais “ouvintes”.

Contudo, manter este tipo de política obriga a um contínuo e progressivo aumento de agressividade, a eleger um alvo a abater e a desenvolver uma teoria da conspiração que congregue e motive seguidores. Enfim, técnicas bem conhecidas.

Manter permanentemente esta técnica exige um esforço cada vez maior, nomeadamente de imaginação, pelo que, como no teatro, impunha-se ensaiar um final glorioso.



Nós fomos os vossos pastores…

Nós avisámo-los ao longo dos tempos…

Nós do alto da nossa tribuna apontámos caminhos…

Nós apoiámos as iniciativas válidas…

Nós denunciámos os perversos, os malignos…

E vocês não nos ouviram?! Não vieram em êxtase apoiar-nos?!

Então fiquem para aí! Nós retiramo-nos!!!

Mas para que o mundo não esqueça, apontamos o dedo aos infiéis.



E o pano, no teatro da vida, desceu. Agora, é necessário aguardar pelos aplausos.

É necessário um compasso de espera para que os “apoiantes” se sintam órfãos desprotegidos e venham reclamar o sebastiânico regresso dos mestres.

Se resultar o pano volta a subir… e o espectáculo continua.

Em apoteose!

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Para os que falam de manipulação...


CAB = Tolerância + democracia + fraternidade + responsabilidade + liberdade

O nascimento do CAB

O Papa Léguas esteve presente no "I Encontro de cyber-autocaravanistas bloguistas" realizado no dia 22 de Novembro de 2008 em Alenquer e convicto de que não existia em Portugal nenhuma associação do género entendeu aderir e apoiar esse projecto.

O "Encontro" decorreu num espírito pleno de respeito pelas opiniões livremente expressas, de democracia e de procura de consensos mobilizadores e aglutinadores do Autocaravanismo, entendido como uma modalidade de turismo itinerante, não tendo estado ausente da reunião, em nenhum momento, a fraternidade, sem prejuízo da abordagem franca de questões eventualmente fracturantes que foram relegadas para uma analise e deliberação a ter lugar numa próxima reunião.


A manipulação e o CAB

Algumas correntes de opinião têm vindo de forma cada vez mais intolerante e manipuladora a considerar o CAB uma vanguarda de um plano global da “mente perversa do manipulador DeAlém”.

Sobre estas opiniões não fundamentadas não pode o Papa Léguas deixar de esclarecer o seguinte:

- A ideia de o CAB se denominar “circulo”, expressão que tem servido de mote a muitas engenharias humoristas pseudo-intelectuais, foi determinante para a compreensão de que no CAB todos os aderentes (os espaços na internet) são iguais entre si;

- A eleição democrática de uma Coordenação (órgão colectivo e sem presidentes ou chefes) por períodos de um ano acentuou a democraticidade interna do CAB;

- As decisões nem sempre unânimes tomadas nos Encontros de Aderentes do CAB e nas reuniões da Coordenação são uma demonstração inequívoca da pluralidade de ideias;

- As divergências assumidas entre os Aderentes reportam-se aos conteúdos e não se utilizam avaliações de carácter como argumento para, denegrindo a imagem de um opositor, invalidar uma proposta ou ideia.

Para os que falam de manipulação não há que acrescentar mais.


Observatório Não Governamental de Autocaravanismo (Itinerante)

Na Declaração de Alenquer (aprovada aquando da fundação do CAB) pode ler-se:

“Constituírem-se em Net work informal de intercâmbio de informações relevantes para o autocaravanismo com vista a no seu conjunto apoiarem a criação de um Observatório não Governamental para o Autocaravanismo Itinerante ONGAI”

O Papa Léguas subscreveu esta Declaração sem quaisquer reservas mentais e questiona os cidadãos sobre se a criação de um observatório não constituirá em si mesmo uma iniciativa de interesse para todos, incluindo o autocaravanismo itinerante.

A criação do “Observatório” foi uma iniciativa do MIDAP, publicamente sugerida pelo respectivo Presidente no decorrer do denominado “I Seminário de Autocaravanismo” que teve lugar em Cascais, não tendo, em nenhum momento, o Papa Léguas interferido no processo.

Imediatamente após o Presidente do MIDAP convidar o ACP a apoiar a criação do “Observatório” a premuniscência do representante do ACP contribuiu para imediatamente estar apto a disponibilizar o apoio pedido, a distribuir um projecto de estatutos previamente elaborado e a passar a assumir a condução de todo o processo.

O CAB não teve qualquer intervenção nesta matéria. O apoio com que o CAB estava comprometido destinava-se a um Observatório Não Governamental de Autocaravanismo Itinerante. O itinerante perdeu-se no caminho para Cascais.


O direito de opinião

O Papa Léguas, tal como muitos companheiros autocaravanistas, inclusive aderentes do CAB que o já expressaram publicamente, é de opinião que o projecto de Lei 778/X é discriminatório, essencialmente, no que respeita ao Artigo 5º.

Não é necessário ser um especialista em Leis para ter uma noção de justiça baseada no direito que os cidadãos têm em não ser discriminados por possuírem um veículo homologado com determinadas características.

Contrariamente a algumas correntes de opinião e considerando a realidade portuguesa, não parece despiciente a existência de uma futura Lei que possa obstar ao tratamento injusto e desigual dos autocaravanistas, enquanto condutores de um veículo homologado, em comparação com outro tipo de veículo do mesmo gabarito.

O desejável é que se realizassem múltiplos debates informais, promovidos por estruturas de autocaravanistas, para defesa dos direitos e do consciente assumir das obrigações para que todos os utilizadores de autocaravanas passassem a ser autocaravanistas.

Acredita, o Papa Léguas, que será através do diálogo, mesmo agressivo, firme, mas não destrutivo, que se encontrarão caminhos, por ventura menos mediáticos, mas mais profícuos.


O Papa Léguas engana os Deputados e trai os autocaravanistas

A mensagem mais recente que algumas correntes de opinião se esforçam por passar aponta o dedo a todos os que se permitiram ser livres, todos os que tiveram a ousadia de expressar livremente na Assembleia da República o que em seu entender mais preocupava e melhor defenderia os interesses dos autocaravanistas.

O Papa Léguas que esteve na Assembleia da República em representação do CAB aquiescendo ao convite do MIDAP é um dos “falsos” autocaravanistas a quem é apontado o dedo justiceiro e acusado de enganar os Senhores Deputados e trair os autocaravanistas.

Foi dito pelo Papa Léguas na Subcomissão Parlamentar de Turismo e eventualmente estará reproduzido nas actas da reunião que, no essencial, o que os autocaravanistas pretendiam era não serem discriminados e que nesse sentido uma iniciativa legislativa poderia ser útil.

A iniciativa legislativa (que não partiu da Subcomissão Parlamentar de Turismo) foi de imediato divulgada pelo Papa Léguas e também pelo CAB, merecendo da parte deste último, como lhe competia, uma chamada de atenção (um quase apelo) para que “Este projecto não pode deixar de ser objecto de análise em reuniões promovidas pelas estruturas dos autocaravanistas”.

É no caminho da não discriminação, da intervenção cívica, da participação em debates, que o Papa Léguas está a desenvolver algumas ideias e, mais do que isso, a desenvolver algumas acções ao seu alcance, nomeadamente através da participação de ocorrências ao Provedor de Justiça e na intervenção em todos os debates, até nos eventualmente hostis ao autocaravanismo itinerante.

O diálogo como forma primeira de eventual resolução das eventuais diferenças entre opositores não me parece, salvo melhor opinião, querer ser utilizado pelas referidas correntes de opinião. Na realidade o Papa Léguas não as tem encontrado (as correntes de opinião) nos debates em que participa.

É mais difícil cara a cara, olhos nos olhos, acusar alguém de traição.

Ao invés de, do alto de uma tribuna virtual, apontar-se acusadoramente o dedo, sugere o Papa Léguas, muito respeitosamente, que metam o dedo… na vossa consciência.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

O Papa Léguas conhece.... SUIÇA

Alemão: Schweiz - Schweizerische Eidgenossenschaft
Francês: Suisse - Confédération suisse
Italiano: Svizzera - Confederazione Svizzera
Reto-Romano: Svizra - Confederaziun Svizra
Latim: Confœderatio Helvetica



A Suíça, oficialmente Confederação Suíça é um Estado confederado localizado no centro da Europa. Possui uma área de 41 285 km², dos quais 1 740 são cobertos por lagos e rios e 8 787 por áreas improdutivas como montanhas.

O país faz fronteira a Norte com a Alemanha, a Leste com a Áustria e o Liechtenstein, a Sul com a Itália e a Oeste com a França. A Suíça conta com 7,581,520 de habitantes resultando numa densidade populacional de 188 habitantes por quilómetro quadrado. A capital administrativa é Berna. Outras cidades importantes são Zurique, Genebra, Lausana e Basileia.

A Suíça é uma das economias mais ricas do mundo, e é sede de inúmeros bancos privados e de organizações internacionais. A sua história é marcada pela sua neutralidade política perante as outras nações e representa um marco de liberdade e de democracia para o mundo inteiro.

A cultura do país é sobretudo marcada pela diversidade linguística mas bem divididas entre elas apesar das características do povo suíço serem mais homogéneas. Trata-se de uma população activa quer nível desportivo quer a nível cultural e político.

Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

quarta-feira, 27 de maio de 2009

O Papa Léguas conhece.... HOLANDA

Flamengo, neerlandês ou holandês: Nederland - Koninkrijk der Nederlanden



Os Países Baixos (em neerlandês: Nederland, literalmente Neerlândia ou país baixo) são um país situado no noroeste da Europa, uma democracia parlamentar sob uma monarquia constitucional. Limitam a norte e a leste com o Mar do Norte, a oeste com a Alemanha e a sul com a Bélgica. Sua capital constitucional é Amsterdã, mas a Haia é a sede do governo, da maioria das embaixadas e a residência da monarquia. Os Países Baixos são um dos poucos países que não têm a sede do governo na capital.

Os Países Baixos são também — comumente, mas incorrectamente — denominados Holanda, que na verdade são duas de suas doze províncias, a Holanda do Norte e a Holanda do Sul (ver Holanda (topônimo)). A forma plural os 'Países Baixos' em português é reminiscente dos tempos de quando o país ainda não era independente ou unido.

Os Países Baixos são um dos países mais densamente povoados e geograficamente mais baixos do mundo e são popularmente conhecidos por seus diques, suas tulipas, seus moinhos, seus tamancos e sua tolerância social. Suas políticas liberais são frequentemente mencionadas e usadas como (bons ou maus) exemplos nos demais países.

O país é a sede do Tribunal Internacional de Justiça e da Europol e prolifera-se internacionalmente como membro da União Européia (UE), da NATO (ou OTAN), do OCDE, e como assinante do Protocolo de Quioto. Os Países Baixos são, junto a Bélgica e ao Luxemburgo, um dos Estados-membros da união econômica Benelux.


Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

terça-feira, 26 de maio de 2009

MANIfestação que foi uma Festa

MANIFesta Peniche 2009


O EVENTO QUE NÃO PODE MORRER

- Conjugar esforços entre todas as organizações cívicas e solidárias que intervêm nos territórios nacionais para ganharem capacidade de afirmação estratégica;

- Combater pelo progresso de Portugal, praticando um desenvolvimento local nos vários territórios urbanos e rurais, de forma equitativa e sustentável;

- Afirmar que só com uma cidadania activa e alargada e uma democracia participativa é possível uma economia e um desenvolvimento socialmente justos, solidários e mobilizadores.

Foram estes os princípios que no passado orientaram a “MANIFesta” e continuam a ser estes, segundo a organização, os princípios que envolveram a “MANIFesta Peniche 2009”.

Iniciada na Quinta-feira (dia 21 de Maio) e encerrada no Domingo (24 de Maio de 2009) não seria possível ao Papa Léguas, perante uma programação tão extensa e diversificada, estar presente em todos os eventos.

Perante uma organização complexa seria injusto não relevar alguns dos atrasos no cumprimento dos horários, muitos deles sem que a organização mereça ser responsabilizada.

A Sessão de Abertura, em que esteve presente o Ministro do Trabalho e Segurança Social, começou mais de uma hora depois do que estava programado. Já, destaque-se, na sessão denominada “À conversa com...”, com a presença do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, o evento começou pontualmente.

Num dos pavilhões, queremos evidenciar, encontrámos um espaço referente ao “Portugal Tradicional” e apoiado pela “ANIMAR” e pelo “CampingCar Portugal”.

Destaca-se sobremaneira, (pela emotividade que nos causou), o Teatro Fórum apresentado por um grupo de jovens actores do Bairro da Cova da Moura (Amadora), que reproduziram magistralmente em palco um problema real do Bairro onde vivem. Convidaram, depois, a assistência a encontrar soluções para a situação e que era teatralizada em palco com a colaboração de espectadores voluntários.

Muitas foram as soluções sugeridas e nenhuma resultou. Um espectáculo que sensibiliza ainda mais e com mais eficácia as pessoas para os problemas dos Bairros “problemáticos”. Uma sensibilização muito maior da que seria obtida com debates, colóquios ou seminários.

A “Declaração de Peniche 2009” foi a expressão final deste “MANIFesta Peniche 2009” e traduzida num documento que pode ser lido AQUI.


OS AUTOCARAVANISTAS E OS BOMBEIROS

Uma palavra de apreço aos Bombeiros Voluntários de Peniche que disponibilizaram um espaço, vedado e vigiado, para pernoita das autocaravanas, com um dispêndio de 2 euros e 50 cêntimos por noite e com o direito de utilizar a estação de serviço de autocaravanas recentemente construída.

No local também existia equipamento sanitário para homens e mulheres.

A estação de serviço para autocaravanas, simples e operacional, era constituída por:

- Torneira com mangueira para abastecimento de água potável;
- Torneira com mangueira para limpeza das “cassetes” químicas;
- Pia para despejo da “cassete” química;
- Local para despejo de águas saponárias que deverá sofrer pequenas alterações para permitir uma melhor operacionalidade;

Esta estação de serviço corresponde perfeitamente às necessidades dos autocaravanistas, não sendo necessário o apetrechamento com qualquer outro equipamento mais sofisticado (com um custo e manutenção eventualmente mais dispendioso) que poderia vir a encarecer o preço final no consumidor.


A REPORTAGEM FOTOGRÁFICA (possível) QUE SE JUSTIFICA

Como consideramos que uma imagem pode também elucidar o que foi o “MANIFesta Peniche 2009” convidamo-la (o) a ver a reportagem fotográfica do evento AQUI.

**********

INFORMAÇÃO - Após aceder à primeira foto “clique” na parte inferior do monitor, na seta do meio, para dar inicio ao “slideshow”.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Tríptico A vida



TRÍPTICO A VIDA: A ESPERANÇA - O AMOR - A SAUDADE

Autor

António Carneiro

domingo, 24 de maio de 2009

O Papa Léguas conhece.... REINO UNIDO

Inglês: United Kingdom - United Kingdom of Great Britain and Northern Ireland


O Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte (em inglês: United Kingdom of Great Britain and Northern Ireland), mais conhecido como Reino Unido, ou pela sigla em inglês UK, é um país insular soberano localizado na costa noroeste da Europa continental. O Reino Unido inclui a ilha da Grã-Bretanha, a parte nordeste da ilha da Irlanda e muitas ilhas pequenas. A Irlanda do Norte é a única parte do Reino Unido com uma fronteira terrestre, sendo feita com a República da Irlanda. Fora essa fronteira terrestre, o Reino Unido é cercado pelo Oceano Atlântico, o Mar do Norte, o Canal da Mancha e o Mar da Irlanda. A maior ilha, a Grã-Bretanha, é conectada com a França pelo Eurotúnel.

O Reino Unido é uma união de quatro nações constituintes: Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales. O Reino Unido é governado por um sistema parlamentar com a sede do governo em Londres, a capital, e é uma monarquia constitucional com a Rainha Elizabeth II sendo a chefe de Estado. As dependências da Coroa das Ilhas do Canal (ou Ilhas Anglo-Normandas) e Ilha de Man, formalmente possessões da Coroa, não fazem parte do Reino Unido, mas formam uma confederação com ele. O Reino Unido tem quatorze territórios ultramarinos, todos remanescentes do Império Britânico, que no seu ápice, possuía quase um quarto da superfície terrestre mundial, fazendo desse o maior império da história. Como resultado do império, a influência britânica pode ser vista na língua, cultura e sistemas judiciários de muitos de suas ex-colônias como o Canadá, Austrália, Índia e os Estados Unidos. A Rainha Elizabeth II permanece como a chefe da Comunidade das Nações (Commonwealth) e chefe de Estado de cada um das monarquias na Commonwealth.

O Reino Unido é um país desenvolvido, com a quinta (PIB nominal) ou sexta (PPP) maior economia do mundo. Ele foi o primeiro país industrializado do mundo e a principal potência mundial durante o século XIX e o começo do século XX, mas o custo económico de duas guerras mundiais e o declínio de seu império na segunda metade do século XX reduziu o seu papel de líder nos assuntos globais. O Reino Unido, no entanto, permaneceu sendo uma potência importante com forte influência económica, cultural, militar e política e é uma potência nuclear, com o segundo ou terceiro (dependendo do método de cálculo) maior gasto em defesa do mundo. É um Estado membro da União Européia, tem um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas, e é membro do G8, OTAN, OMC e da Comunidade das Nações.


Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

sexta-feira, 22 de maio de 2009

O Distrito de Vila Real em Autocaravana



DESCOBRIR O DISTRITO DE VILA REAL EM 7 DIAS


O distrito de Vila Real subdivide-se em catorze municípios e a sede é a cidade do mesmo nome

Vila Real faz parte da antiga província de Trás-os-Montes e Alto Douro. Tem a norte a Espanha, a leste o Distrito de Bragança, a sul o Distrito de Viseu e a oeste o Distrito do Porto e o Distrito de Braga.

O Distrito tem uma área de 4328 km² e uma população de 218 935 habitantes.

As fotos da Viagem pelo Distrito de Vila Real, por razões técnicas, estão localizadas em duas partes distintas e podem ser vistas
AQUI (Parte I) e também AQUI (Parte II).

Os documentos abaixo (Roteiro e Mapa de Viagem) são um contributo para um passeio em que os parâmetros tempo, qualidade e custo estão equacionados.

Os relatos são pragmáticos, assentes em bases informativas, que poderão, na nossa opinião, ajudar os viajantes a percorrer os caminhos mais curtos, visitar os locais paisagística e monumentalmente mais relevantes, estacionar nos lugares mais aconselháveis, efectuar a manutenção da Autocaravana em sítios referenciados e pernoitar com a segurança possível.

Convidamo-la (o) a passear connosco pelo Distrito de Vila Real



quinta-feira, 21 de maio de 2009

O Papa Léguas conhece.... NORUEGA

Norueguês (bokmål): Norge - Kongeriket Norge
Norueguês (nynorsk): Noreg - Kongeriket Noreg




A Noruega (bokmål: Norge; nynorsk Noreg) é um país europeu situado na Península Escandinava. Limitado a norte pelo Mar de Barents, a leste pela Rússia, Finlândia e Suécia, a sul pelo estreito de Skagerrak, que a separa da Dinamarca, e a oeste pelo Mar do Norte e pelo Mar da Noruega. A Noruega tem também territórios situados longe das suas costas:

Partes do reino (embora não partes de nenhum condado ou comuna)

* Svalbard (inclui Spitzbergen e a Ilha do Urso)
* Jan Mayen

Dependências

* Ilha Bouvet - Próximo da Antártica (Oceano Atlântico)
* Ilha de Pedro I - Próximo da Antártica (Oceano Pacífico)
* Terra da Rainha Maud - Território reivindicado pela Noruega, no continente da Antártica

A Noruega liderou o Índice Global da Paz em 2007, possui o segundo maior PIB nominal per capita(atrás de Luxemburgo) e apresenta o mais alto Índice de Desenvolvimento Humano (empatada com a Islândia).[1]

Oslo é a capital e cidade mais populosa do país. Outras cidades importantes são Bergen, Trondheim e Stavanger.


Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O Distrito de Bragança em Autocaravana


DESCOBRIR O DISTRITO DE BRAGANÇA EM 12 DIAS

Bragança é um Distrito limitado a norte e a leste com Espanha, a sul com o Distrito da Guarda e com o Distrito de Viseu e a oeste com o Distrito de Vila Real. Tem uma área de 6608 km², é o quinto maior distrito português, com uma população de 148 808 habitantes.

O Distrito é composto a norte pelas regiões de maior altitude que constituem a Terra Fria Transmontana, onde a paisagem é dominada pelos baixos declives do planalto trasmontano; a sul, fica a Terra Quente Trasmontana, de clima mais suave e marcada pelo vale do rio Douro.

A população é hospitaleira e disso o Papa Léguas teve exemplos impressionantes nos 12 dias em que percorreu o Distrito.

As fotos da Viagem pelo Distrito de Bragança, por razões técnicas, estão localizadas em duas partes distintas e podem ser vistas AQUI (Parte I) e também AQUI (Parte II).

Os documentos abaixo (Roteiro e Mapa de Viagem) são um contributo para um passeio em que os parâmetros tempo, qualidade e custo estão equacionados.

Os relatos são pragmáticos, assentes em bases informativas, que poderão, na nossa opinião, ajudar os viajantes a percorrer os caminhos mais curtos, visitar os locais paisagística e monumentalmente mais relevantes, estacionar nos lugares mais aconselháveis, efectuar a manutenção da Autocaravana em sítios referenciados e pernoitar com a segurança possível.

Convidamo-la (o) a passear connosco pelo Distrito de Bragança:

terça-feira, 19 de maio de 2009


O Programa definitivo do Manifesta já está online AQUI

ATENÇÃO - O Programa definitivo do Manifesta que estava online no endereço atrás referido foi alterado e passou a estar AQUI

Mais informações podem ser obtidas no espaço virtual da ANIMAR (Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local).

Encontramo-nos em Peniche.

NOTA: Sobre este tema ver o que o Papa Léguas escreveu
AQUI e AQUI

O Papa Léguas conhece.... SUÉCIA

Sueco: Sverige - Konungariket Sverige



A Suécia é um país da Escandinávia, limitado a oeste e norte pela Noruega, a leste pela Finlândia e pelo Golfo de Bótnia, a sul pelo Mar Báltico e a oeste pelo estreito de Kattegat, que a separa da Dinamarca. Economicamente próspero, é membro da União Europeia desde 1 de Janeiro de 1995. Sua maior cidade é Estocolmo, que também é sua capital política (sua população é de 810.000 habitantes e 2 milhões na sua área metropolitana). Gotemburgo é sua segunda maior cidade e Malmö é sua terceira maior cidade. Tendo uma área de 449.964 km², é o terceiro maior país da Europa Ocidental e o quarto maior do continente europeu, com uma população total de 9,2 milhões de habitantes. A Suécia é o país mais visitado entre os países nórdicos e é um país pacífico, não tendo se envolvido em guerras diretas desde 1814, seu último confronto militar.

Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Fotos do XIII Encontro PYC


Conforme oportunamente noticiado pelo Papa Léguas (AQUI) O XIII ENCONTRO DE AUTOCARAVANAS PYC-MMVV realizou-se entre 30 de Abril e 4 de Maio de 2009 no Parque de Campismo Municipal da Praia de Pedrógão, Leiria.

O evento, em que participaram autocaravanistas proprietários e ex-proprietários deste tipo de autocaravanas, teve, como tem sido usual, a colaboração das autarquias e o patrocínio da firma MMVV-Comércio e Indústria Caravanas e Autocaravanas e Carroçarias, Lda (Rua da Azinhaga Comprida - Brasfemes 3020-535 Coimbra - Telefone 239918179 - Fax 239918253).

Os interessados poderão visionar as fotos do Encontro AQUI.

INFORMAÇÃO - Após aceder à primeira foto “clique” na parte inferior do monitor, na seta do meio, para dar inicio ao “slideshow”.

domingo, 17 de maio de 2009

Divertimentos, ritos, tortura, morte


As imagens reportam-se a Dantesque, Ilhas Faroe, Dinamarca.

Trata-se de mais uma “TRADIÇÃO” (como há algumas semelhantes em Portugal que fazem dos animais vítimas de costumes bárbaros) que pretende assinalar a passagem da adolescência à idade adulta.

As vítimas são os “Calderon”, golfinhos inteligentes e tranquilos que inocentemente se aproximam dos homens demonstrando amizade.

Divertimentos e ritos implicando a tortura e/ou a morte de seres vivos são ignóbeis no século XXI.

Mais informação AQUI e também AQUI.


sábado, 16 de maio de 2009

Carta de Condução on-line



Um serviço on-line útil para os autocaravanistas e não só



Através do Portal do IMTT (Instituto de Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P.) pode aceder AQUI aos seguintes serviços relacionados com a sua carta de condução:

Registo de contactos;
Pedido de Revalidação;
Pedido de Duplicado (2ª via);
Pedido de Alteração de Morada;
Consulta ao estado dos pedidos realizados;
Consulta de notificações;
Recibos.


Caso pretenda complementar esta via de atendimento, também o pode fazer através de:

E-mail: sois@imtt.pt
Telefone: 217 949 000
Fax: 217 973 777


Para melhor conhecimento de “COMO FUNCIONAM OS SERVIÇOS ON-LINE NA ÁREA DE CONDUTORES” aceda AQUI


NOTAS:

a) Para aceder necessita presentemente do nº de contribuinte (NIF) e senha de acesso às Declarações Electrónicas das Finanças.

b) Os pedidos relacionados com cartas de condução estão disponíveis apenas para condutores com carta de condução de modelo comunitário, do tipo cartão de plástico
.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Projecto Lei sobre autocaravanismo


Foi apresentada no dia 13 de Maio de 2009, na Assembleia da Republica, pelos Deputados Mendes Bota e Nuno da Câmara Pereira um Projecto Lei que “Cria o regime relativo às condições de circulação, parqueamento e estacionamento de autocaravanas”

O referido Projecto Lei pode ser lido e “descarregado” AQUI

Sem comentários...

video

Não aconteceu em Portugal

Aconteceu no... Brasil?

quinta-feira, 14 de maio de 2009

A NÃO PERDER


MANIFesta'09
VII Assembleia, Feira e Festa do Desenvolvimento Local
PENICHE 21, 22 a 24 MAIO

“O Programa da MANIFesta deve respeitar o princípio de que ela é uma Manifestação, uma Festa, uma Feira/Mostra, um Encontro, um Debate, isto tudo em simultâneo e de forma articulada. Ou seja, deve contemplar uma multiplicidade de expressões e de afirmações que, na diversidade, garantam a coerência e a unidade do todo.”


………………

“A MANIFesta DE PENICHE terá como tema central “A INOVAÇÃO SOCIAL NA RESPOSTA À CRISE – CONTRIBUTOS DO DESENVOLVIMENTO LOCAL E DA ECONOMIA SOLIDÁRIA”, e como grandes eixos de abordagem e manifestação:

- A Inovação para a Igualdade de Oportunidades;
- A Empregabilidade e o Empreendedorismo, como estratégias contra a crise;
- A importância da Ética e dos sistemas alternativos no Financiamento da Economia;
- A Coesão Social e a Animação Territorial em Portugal.”



Trechos extraídos do programa provisório da “MANIFesta'09” que pode ser integralmente lido e “descarregado” AQUI


quarta-feira, 13 de maio de 2009

A Internet continua livre



No passado dia 6 de Maio o Papa Léguas alertava os autocaravanistas bloguistas sobre o futuro da internet nomeadamente sobre o livre acesso à mesma. (ver AQUI)

O Parlamento Europeu aprovou uma emenda adoptando "o princípio de que, na falta de decisão judicial prévia, não pode ser imposta qualquer restrição aos direitos e liberdades fundamentais dos utilizadores finais, previstos, designadamente, no artigo 11º da Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia, em matéria de liberdade de expressão e de informação, salvo quando esteja em causa a segurança pública, caso em que a decisão judicial pode ser ulterior".

A “CATRINETAsaojuliao” desenvolve o tema que pode e deve ser lido AQUI.

Felizmente, desta vez, a liberdade passou por aqui.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Próximo encontro: Peniche

MANIFesta'09
VII Assembleia, Feira e Festa do Desenvolvimento Local
PENICHE 21, 22 a 24 MAIO


Promotor:
Animar

Organizadores Locais:
C.M. Peniche
ADEPE

Parceiros Estratégicos:
CIG – Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género
Iniciativa Comunitária EQUAL
ISS,IP – Instituto da Segurança Social
IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional
Secretaria de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades


INFORMAÇÕES:
Célia Lavado
E-mail: celia.lavado@animar-dl.pt
TM: 96 861 84 10
Telef.: 21 952 60 12

Nota:
Segundo informações (não confirmadas pelo Papa Léguas) a organização disporá de espaços para estacionamento e pernoita de autocaravanistas.

Saiba mais AQUI

segunda-feira, 11 de maio de 2009

CAB - unidade na diversidade


O “Papa Léguas” esteve presente no passado dia 9 de Maio no III Encontro do CAB que se realizou nas Minas do Lousal.

Aconselhamos, vivamente, uma visita ao local onde poderá ser surprendida(o) com uma “lição” de história apaixonante e que nos fez reflectir sobre os erros que se continuam a verificar no presente e que nos poderão conduzir a futuros problemáticos.

Este Encontro do CAB contribuiu para a unidade dos aderentes na saudável diversidade de opiniões.

Saiba mais AQUI

domingo, 10 de maio de 2009

O Papa Léguas conhece.... DINAMARCA

Dinamarquês: Danmark - Kongeriget Danmark
Faroês: Danmark - Kongsríkið Danmark
Alemão: Dänemark - Königreich Dänemark
Groenlandês: Danmarki ; Qallunaat Nunaat - Kunngeqarfik Danmarki


A Dinamarca (em dinamarquês: Danmark) é um país escandinavo do norte da Europa composto pela península da Jutlândia e por um arquipélago de ilhas planas e baixas. É limitada a norte pelo estreito de Skagerrak, que a separa da Noruega, a leste pelo estreito de Kattegat, que a separa da Suécia, e pelo Mar Báltico, a sul pela Alemanha e a oeste pelo Mar do Norte.




Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

sábado, 9 de maio de 2009

A chegada de Vasco da Gama a Calicute

A CHEGADA DE VASCO DA GAMA A CALICUTE EM 1498

Autor

Alfredo Roque Gameiro


sexta-feira, 8 de maio de 2009

Procedimento injusto



PARA QUE CONSTE E PARA MAIS TARDE RECORDAR

Amarante é uma cidade bonita que há muitos, muitos anos, tinha um Parque de Campismo pequeno e acolhedor.

No dia 22 de Abril de 2009 o “Papa Léguas” rumou a Amarante e pretendeu pernoitar (eventualmente duas noites) no Parque de Campismo que serve a cidade. Referimo-nos ao Parque de Campismo denominado “Penedo da Rainha” e, agora, localizado um pouco mais acima (relativamente à foz do rio).

Fomos, na recepção, acolhidos (durante todo o tempo) com todo o civismo.

Na estação de serviço para autocaravanas fizemos os necessários despejos e quando nos pretendíamos abastecer de água informaram-nos que, por cada abastecimento, teríamos que pagar uma determinada quantia.

Esclarecemos que íamos pernoitar no Parque, que utilizávamos exclusivamente as instalações da autocaravana e não as do Parque, pelo que não iríamos consumir água em duplicado. Fomos muito civicamente informados que as regras do Parque eram para ser cumpridas e, também muito civicamente, esclarecemos que nos recusávamos a pagar em duplicado a utilização da água.

Como o impasse se mantivesse solicitámos o livro de reclamações que nos foi de imediato entregue e onde colocámos as razões do nosso protesto tendo, de seguida, abandonado o Parque.

Ignoramos se nos assiste razão legal, mas que nos assiste razão moral e se trata de um procedimento injusto não temos dúvidas.

Este Parque de Campismo é propriedade e / ou gerido pelo Clube de Campismo do Porto.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

No 1º Encontro Ibérico do CAN



A FRASE DA SEMANA

(2009-05-01)

"Não nos interessa muito saber se o autocaravanismo é turismo itinerante, se é campismo ou se é tudo isto junto e muito mais.”

Fernando Macedo, Presidente do Clube Autocaravanista do Norte (CAN)

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Antonio Enríquez Goicoechea


Antonio Enríquez Goicoechea


(ex-Presidente da Federação Espanhola de Clubes Campistas)

Surpreendido com a notícia da morte (22 de Abril de 2009) de Antonio Enríquez Goicoechea com quem tive diversas oportunidades de contactar e conviver não quero deixar de aqui prestar uma singela homenagem ao campista que soube compreender os problemas do autocaravanismo.

Aos familiares, amigos e às organizações campistas espanholas as minhas condolências.





O futuro da Internet está em jogo?

SERÁ VERDADE?




Não deixe que o parlamento europeu lhe feche a internet...
não haverá volta atrás!

Aja agora!

O acesso à internet não é condicional

Todos os que têm um site, blog bem como todos aqueles que usam o Google ou o Skype, todos aqueles que gostam de expressar as suas opiniões livremente, investigarem do modo que entendem seja para questões pessoais, profissionais ou académicas, todos os que fazem compras online, fazem amigos online, ouvem música ou vêm videos...

Milhões de europeus dependem da internet quer seja directa ou indirectamente no seu estilo de vida. Tirá-la, limitá-la, restringi-la ou condicioná-la, terá um impacto directo naquilo que fazemos. E se um pequeno negócio depender da internet para sobreviver, torná-la inacessível num período de crise como o que vivemos não pode ser bom.

Pois a internet que conhecemos está em vias de extinção através das novas regras que a União Europeia quer propôr no final de Abril. Segundo estas leis, os provedores de serviço, ou seja as empresas que nos fornecem a internet, PT, Zon, Clix entre muitas outras, vão poder legalmente limitar o número de websites que visitamos, além de nos poderem limitar o uso ou subscrição de quaisquer serviços que queiramos de algum site.
As pessoas passarão a ter uma espécie pacotes de internet parecidos com os da actual televisão. Será publicitada com muitos "novos serviços" mas estes serão exclusivamente controlados pelo fornecedor de internet, e com opções de acesso a sites altamente restringidas.

Isto significa que a internet sera empacotada e a sua capacidade de aceder e colocar conteúdo será severamente restringida. Criará pacotes de acessibilidade na internet, que não se adequam ao uso actual que damos à internet hoje.

A razão é simples...

Hoje a internet permite trocas entre pessoas que não são controladas ou promovidas pelo intermediário (o estado ou uma grande empresa), e esta situação melhora de facto a vida das pessoas mas força as grandes corporações a perderem poder, controle e lucros. E é por isso que estas empresas forçam os políticos "amigos" a agirem perante esta situação.

A desculpa é a pirataria de filmes e música, mas as verdadeiras vítimas seremos todos nós, a democracia e a independência cultural e informativa do cidadão.

Recentemente, vieram com a ideia que a pirataria de vídeos e música promove o terrorismo (http://diario.iol.pt/tecnologia/mapinet-internet-pirataria-terrorismo-crime-tvi24/1058509-4069.html ) para que seja impensável ao cidadão comum não estar de acordo com as novas regras...

Pense no modo como usa a internet! Que significaria caso a sua liberdade de escolha lhe fosse retirada?

Hoje em dia, a internet é sobre a vida e liberdade. É sobre fazer compras online, reservar bilhetes de cinema, férias, aprendermos coisas novas, procurar emprego, acedermos ao nosso banco e fazermos comércio.

Mas é também sobre coisas divertidas como namorar, conversar, convidar amigos, ouvir música, ver humor, ou mesmo ter uma segunda vida.

Ela ajuda-nos a expressarmo-nos, inovarmos, colaborarmos, partilharmos, ajuda-nos a ter novas ideias e a prosperar... tudo sem a ajuda de intermediários.

Mas com estas novas regras, os fornecedores de internet escolherão onde faremos tudo isso, se é que nos deixarão fazer.

Caso os sites que visitamos, ou que nós criámos não estejam incluídos nesses pacotes oferecidos por estas empresas, ninguém os poderá encontrar.

Se somos donos de um site ou de um blog e não formos ricos ou tivermos amigos poderosos, teremos de fechar.

Só os grandes prevalecerão, com a desculpa de que os pequenos não geram tráfego suficiente para justificar serem incluídos no pacote.

Continuaremos a ter a Amazon, a Fnac ou o site das finanças, mas poucos mais.

Os telefonemas gratuitos pela internet decerto que acabarão ( como já se passa nalguns países da Europa) e os pequenos negócios e grupos de discussão desaparecerão, sobretudo aqueles que mais interessam, os que podem e querem partilhar a sua sabedoria gratuitamente com o mundo.

Se nada fizermos perderemos quase de certeza a nossa liberdade e uso livre da internet.

A proposta no Parlamento Europeu arrisca o nosso futuro porque está prestes a tornar-se lei, uma lei quase impossível de reverter.

Muitas pessoas, incluíndo deputados do Parlamento Europeu que a vão votar positivamente, não fazem a menor ideia do que isto pode querer dizer, nem se apercebem das implicações brutais que estas regras terão na economia, sociedade e liberdade. Estas medidas vêm embrulhadas numa coisa chamada "Pacote das Telecom?s" disfarçando estas leis de algo que apenas é relativo à indústria das telecomunicações.

Mas na verdade, tudo não passa de regras sobre o uso futuro da internet. A liberdade está a ser riscada do mapa.

Nestas leis propostas, estão incluídas regras que obrigam as Telecoms a informaram os cidadãos das condições em que o acesso à internet é fornecido. Parece ser uma coisa boa, em nome da transparência, mas não passa de uma diversão para poderem afirmar que podem limitar o nosso acesso à liberdade na internet, apenas terão é que informar-nos disso.

O futuro da internet está em jogo e precisamos de agir já para o salvar.

Diga ao Parlamento Europeu que não quer que estas alterações sejam votadas.

Lembre-os que as eleições europeias são em Junho e que a internet ainda nos dá alguma liberdade para que possamos observar e julgar os seus actos no Parlamento.

Saiba que não está sozinho(a) nesta luta... Enquanto lê isto, centenas e centenas de outras organizações estão a trabalhar para que esta mensagem chegue a quem de direito. Milhares de pessoas estão também a contactar os seus deputados neste sentido. Ajude-se a si mesmo, colabore e faça o que pode por esta causa...

A internet é tão sua como deles...

Pode também escrever aos seus deputados...

Estes são os nossos deputados no Parlamento Europeu:

ou


Para mais informações sobre a lei:




terça-feira, 5 de maio de 2009

As etiquetas do futuro

AS BOAS IDEIAS DEVEM SER APLAUDIDAS

As etiquetas que acompanham as roupas constituem uma informação importante.

Por vezes, porém, a informação é deficiente. Quando assim acontece deve-se reclamar.

No entanto, já começam a surgir no mercado etiquetas muito completas e que devem, por isso, merecer todo o nosso aplauso.

No futuro todas as etiquetas devem ser assim:

segunda-feira, 4 de maio de 2009

O Papa Léguas conhece.... BÉLGICA

Flamengo: België - Koninkrijk België
Francês: Belgique - Royaume de Belgique
Alemão: Belgien - Königreich Belgien



A Bélgica (em neerlandês België, francês Belgique e alemão Belgien) é um país da Europa Ocidental pertencente à União Europeia e à NATO (OTAN). A capital é Bruxelas. É limitado a norte pelo Mar do Norte e pelos Países Baixos, a leste pela Alemanha e pelo Luxemburgo e a sul e oeste pela França



Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

domingo, 3 de maio de 2009

2009

2009 SERÁ O ANO DO CONSUMISMO


Segundo um dos mais reputados especialistas em economia, de nacionalidade espanhola, as tendências dos consumidores em Portugal, tendo presente a actual crise económica e financeira mundial e considerando também a conjuntura económica nacional, 2009 será o ano do


C O N S U M I S M O

Pois os portugueses terão de ficar (dito em bom castelhano) :


CON SU MISMO AUTOCARAVANA

CON SU MISMO SALÁRIO

CON SU MISMO IMÓVEL

CON SU MISMO VESTUARIO

CON SU MISMO PAR DE SAPATOS


E SOMENTE SE DEUS QUISER...


CON SU MISMO TRABALHO!


Agora, que já sorriu, dedique 5 minutos do seu tempo a ver este vídeo

sábado, 2 de maio de 2009

O Papa Léguas conhece.... LUXEMBURGO

Luxemburguês: Lëtzebuerg - Groussherzogdem Lëtzebuerg
Francês: Luxembourg - Grand-Duché de Luxembourg
Alemão: Luxemburg - Großherzogtum Luxemburg





O Luxemburgo é um pequeno país da Europa Ocidental, limitado a leste pela Alemanha, a sul pela França e a oeste e norte pela Bélgica.
Fonte: Wikipédia - A enciclopédia livre

sexta-feira, 1 de maio de 2009

1º de Maio

O FUTURO