quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Sou sócio do CPA



As dúvidas que poderiam impedir a minha presença, de pleno direito, na Assembleia Geral do CPA de 30 de Janeiro de 2010, foram desfeitas ao ter sido informado pelos Serviços do Clube que já me tinha sido atribuído um número de sócio e que muito brevemente me seria remetido o respectivo cartão.

Em conformidade com o estatuto de associado remeti para o Presidente da Mesa da Assembleia Geral os documentos que irei formalmente apresentar na Assembleia Geral e que podem ser “descarregados” neste mesmo Blogue, AQUI.

A mensagem que enviei foi a seguinte:

“Ao
Presidente da Mesa da Assembleia Geral do
Clube Português de Autocaravanas


Companheiro Autocaravanista,

Com o objectivo de facilitar o trabalho da Mesa da Assembleia Geral na condução dos trabalhos venho informar que irei apresentar, formalmente, sobre o Ponto 4 da Ordem de Trabalhos constante da Convocatória da Assembleia Geral de 30 de Janeiro de 2010, uma Proposta e 5 documentos que a integram.

A Proposta e os 5 documentos (que anexo) podem, se assim o desejar, fazer parte dos documentos que estarão à disposição dos Associados na semana anterior à realização da Assembleia Geral na secretaria do Clube, conforme consta na parte final da Convocatória.

Permita-me, ainda, com toda a consideração que me merecem as funções para que foi eleito e que desempenha, que sugira que os documentos a que a Convocatória se refere deveriam ser remetidas por correio electrónico para o maior número de associados possível e / ou estar "afixadas" no Fórum. Como certamente compreenderá, os sócios residentes fora do Distrito de Lisboa, poderão ter alguma dificuldade em se deslocar à sede do Clube. E, mesmo que se constate que a maioria dos associados não utiliza a prerrogativa de consultar os documentos base da Ordem de Trabalhos a que se refere a Convocatória, é da mais elementar justiça que exista igualdade de oportunidades para todos os associados, inclusive os que residam mais afastados da Sede do Clube, como abordo nos considerandos / fundamentos da Proposta que irei apresentar e que cito:

"Estamos, também, perante uma associação, que necessita urgentemente de se reestruturar para que as ligações entre os associados e os órgãos dirigentes sejam mais próximas, mais rápidas e consequentemente, mais eficazes."

Evidentemente que a questão é mais profunda e sobre a mesma tenciono, ainda antes da realização da Assembleia Geral, desenvolver no Fórum do CPA e no Blogue do Papa Léguas, não só este tema como outros que analiso na Proposta, para o que tomo a liberdade de o convidar a aceder ao Fórum.

Com os meus cumprimentos e

Saudações Autocaravanistas”

1 comentário:

  1. Caro companheiro estou em completo acordo com o Sr.
    Há muito que o CPA devia ter optado por uma linha de abertura e proximidade com os seus associados.
    É da maior importância que a direcção seja eleita não por um grupo de "amigos" mas porque suporta uma ideia um projecto. Só assim podemos ultrapassar estas "guerrinhas pessoais" e passarmos a discutir uma linha de rumo.
    Vou estar atento a ver se valerá a pena participar em mais uma assembleia do CPA.

    Um abraço
    Vítor Andrade

    ResponderEliminar